reverso do ser

reverso do ser
reverso do ser

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

A Flor da Pele

No florescer da aurora luzes cores sabores aromas e sentimentos ....
uma mistura místicas de desejos e sedução  ......
Uma felina com olhar penetrante e desafiador
Faz com que o tempo a sua volta pare...
E no seu ninho a meia luz sobressae sua silhueta onde escondesse segredos secretos e inimagináveis...
uma pintura unica com estilo próprio da pureza dos detalhes Uma sintonia perfeita entre os traços o rascunho as cores e o sombreado que sobressae a sua silhueta de perfeitas curvas sinuosas atraentes sexy e perigosas onde escondessem segredo secretos e inimagináveis...
E nessa candura ...
que nos cabe a simples mortais admirar-la a Deusa Grega Afrodite entregue ao seu olimpo...
que nós levam seus seguidores aos devaneios da imaginação proibida...

Ricardo Sirieira 15 15:44 Jan 2018

domingo, 16 de abril de 2017

Doce aroma do desejo

Lembro-me do aroma de canela sobre o chocolate quente que bebia acompanhado da cremosidade das rosas sobre a cama, e o tom da luz amarelo sobre a mesinha de canto que realçava a penumbra...
...Enquanto aguardava você se preparar e imaginando como iria agir, seus gestos  o calor do seu corpo ao se aproximar do meu.                 
...E ao entrar, você iluminou todo o ambiente com o seu vestido branco transparente aberto na frente.                                   
Sentia seu sexo pulsar  e sua pele suave a se arrepiar. . O seu olhar intenso fixado em mim.                         
...Seu cheiro de mulher se misturava com o aroma de canela e aumentava cada vez mais e o meu desejo de sentir seu gosto em minha boca.            
E tomado por esse desejo a guiei para as rosas e ao nos misturamos dentre gemidos, sussurros e o suor em suas mãos  que passeavam pelo meu corpo e a sua boca me seduzindo mais e mais, mordendo e lambendo...
...Deixava-me louco e entre palavras " desconexas" ...que aumentava da vez mais o meu desejo de senti La
e nesse ritmo louco e intenso me entrego totalmente a você...Venha e me faça chegar ao clímax e me arranque todo esse prazer que é inteiramente seu.


Poesia de R.jordan e Grazyela

domingo, 28 de junho de 2015

LETARGO QUE MORTIFICA


Um céu cinza sem estrelas
Um desespero
E nas lágrimas
Muitas vezes na voz sufocada
O ar que carecia
A saudade feriu
Intensamente
E a magoa se convertia em rasgaduras
Uma tristeza tão profunda
Que chega a ser incompreensível
Sem tamanho
E nas lembranças o padecer...
O pensamento em que poderia
Ter sido mudado,  alterado
E essa dor?
Que se sente nas diversas horas
Difíceis do dia  
Ela surge de onde ninguém espera...
Você aguarda, e ela vem
Lentamente sem avisar
Acompanhada do espanto
E da surpresa...
E na esperança de tudo se resolver
Se encaixar
No seu tempo e lugar...
Mas verdade quando se percebe
Nada, nada voltou
A ser como era, como tinha que ser
A frustração continua
Junto com os diversos erros
E essa dor?
Prevalece e permanece
E no final
Sempre me perguntando
Porque da dor?
Porque desta dor?
Mas na verdade
O que faz sofrer
E saber que um dia
Venerado por alguns
Virar um esquecido
Por todos...

R.JORDAN 28 14:02 JUNHO DE 2015